O que é resina biocompatível, para que serve e como utilizá-la

resina biocompatível

Quando usar a resina biocompatível? Essa é uma pergunta que muitas pessoas têm. Inclusive, se você não sabe a resposta, está no lugar certo. 

O uso dela é recomendado e essencial para garantir a segurança das pessoas e impedir riscos. 

Isso tem tudo a ver com a biocompatibilidade da resina, que precisa ter qualidade. 

Para entender exatamente quando usar, antes é importante saber mais sobre ela.

Então, neste texto, você vai aprender exatamente o que é resina biocompatível, qual a funcionalidade dela e a importância da qualidade por trás. 

Boa leitura! 

O que é uma resina biocompatível 3D?

Imagine que uma pessoa vai precisar passar por um procedimento cirúrgico e colocar um implante, por exemplo. 

No processo para colocá-lo, é melhor que tenha uma ferramenta que seja adaptada à anatomia da pessoa, certo? 

Essas ferramentas podem ser feitas com impressão 3D, especificamente com resina biocompatível. 

Mas o que é uma resina biocompatível? 

Como o nome já indica, é uma resina feita com materiais biocompatíveis. 

Esses materiais não oferecem riscos de origem biológica para o paciente, porque já foram testados e aprovados por órgãos reguladores. 

Ou seja, ela protege o paciente de contaminação com toxinas e garante a saúde dele. 

No caso do Brasil, existe a Associação Brasileira de Normas Técnicas (ABNT), que ajudou a fundar a Organização Internacional de Normalização (International Organization for Standardization – ISO). 

E o ponto aqui é que a Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) pede que os produtos sigam requisitos mínimos de ISOs, incluindo a resina biocompatível 3D.

Com isso, esse material passou a ser o mais indicado para as áreas da medicina e da odontologia, que mexem diretamente com pessoas. 

Onde utilizar a resina biocompatível?

resina biocompatível, para que serve e como utilizá-la

Existem vários tipos de resina e cada uma possui uma recomendação maior para alguma utilização. 

Por exemplo, a resina transparente é mais direcionada para projetos que precisam da passagem de luz. Assim, a transparência da resina é recomendada aqui. 

No caso da resina biocompatível, o ideal é utilizá-la quando envolve contato com o corpo humano. 

Em algumas situações, ela é usada para o teste de jóias, para checar se causa irritação na pele ou não. 

Nesse sentido, na maioria das vezes, a resina biocompatível é utilizada para materiais da área da medicina e da odontologia, com o intuito de não colocar o paciente em risco. 

Vamos usar como exemplo um dentista que vai fazer uma placa para bruxismo com impressão 3D e usando a resina como material. 

A biocompatibilidade dela é essencial para a segurança do paciente. 

Isso porque além de ter contato com o corpo, ela é colocada direto na boca e o material assegura que, caso a placa se desgaste, a saúde do paciente não será prejudicada. 

Qual a melhor resina para impressora 3D?

Antes de saber qual a melhor resina para impressora 3D, é importante entender como ela funciona e os tipos existentes. 

Basicamente, as resinas 3D são os materiais usados para impressão 3D em máquinas que utilizam três diferentes técnicas conhecidas. 

A primeira é a SLA (estereolitografia), a qual um laser aplica a luz UV que constrói a peça moldando o formato dela. 

Outra técnica conhecida é a DLP (Digital Light Processing), que molda as camadas da resina de uma só vez com uma superfície de projeção digital. 

Por último, a terceira técnica chamada MSLA/LCD, a qual LEDs emitem a luz UV usando uma tela LCD. 

Essas técnicas utilizam diferentes tipos de resina para aplicações variadas. 

Tem a resina standard ou padrão que é indicada para uso geral, a resina cinza mais voltada para o meio industrial e mecânico, a resina calcinável que é direcionada mais para indústria de jóias e a própria resina biocompatível também. 

Dito tudo isso, para escolher a melhor resina para impressora 3D é necessário entender qual será a aplicação dela e se é compatível com a impressora que você tem. 

Além de considerar as características de cada uma, tenha atenção para outros detalhes como qualidade de acabamento para ter peças de alta resolução. 

Ou então a resistência mecânica para que a peça não danifique facilmente. 

E, por último, olhe também a biocompatibilidade da resina para qualquer peça que vá entrar em contato com o corpo humano. 

Importância de uma resina biocompatível de boa qualidade: entenda

resina biocompatível, para que serve?

Utilizar uma resina biocompatível de boa qualidade é garantir a segurança das pessoas que terão contato com ela. 

Por exemplo, em áreas e procedimentos cirúrgicos, ela não corre o risco de infectar alguém, ou de causar alergias e nem do corpo rejeitar. 

Afinal, ela passa por um teste e certificação da Anvisa, além de ter outros requisitos mínimos de ISOs que garantem a qualidade dela. 

E tem mais, quando o assunto é qualidade, o processo de pós-cura das resinas biocompatíveis precisa ser levado em conta. 

Isso porque esse processo assegura se o material está pronto ou não para participar de procedimentos cirúrgicos. 

Além disso, outros testes são feitos para garantir que ela não causará alterações em materiais genéticos, no metabolismo das células ou qualquer outro risco.

No geral, a qualidade de uma resina biocompatível é importante para não gerar nenhuma irritação ao toque. 

A Monile.io é uma fabricante de diferentes tipos de resina, incluindo a biocompatível, para impressão 3D. Todas com boa qualidade garantida, com baixa irritabilidade para pele e baixo odor. 

Conclusão

A resina biocompatível é feita com materiais testados que protegem as pessoas contra irritações, alergias ou qualquer outro tipo de risco biológico. 

Ela é recomendada para os setores da medicina e da odontologia para uso de próteses, parafusos, placas, entre outros. Mas também são usadas como testes de jóias e outras aplicações que envolvem toque físico. 

De qualquer forma, é importante ter uma resina biocompatível de qualidade para que a segurança de todas as pessoas seja garantida. 

Se você gostou desse conteúdo, leia também sobre as “Principais tendências da impressão 3D para 2023”. 

E se quiser conhecer mais sobre impressão 3D em resina acompanhe o nosso blog!