Entenda como funciona uma impressora 3D SLA

como-funciona-impressora-3d-sla-dlp

A dúvida de como funciona uma impressora 3D MSLA e DLP é muito comum, pois elas são as responsáveis pela criação de peças que são pequenas e ricas em detalhes.

E justamente esse tamanho reduzido das peças e a riqueza em detalhes é o que faz muitas pessoas se perguntarem como essas máquinas trabalham na prática.

Em linhas gerais, podemos responder a dúvida de como funciona uma impressora 3D MSLA e DLP dizendo que a impressão SLA usa um feixe ultravioleta a laser que solidifica a resina assim que entra em contato com ela e, além disso, usa os polímeros fotossensíveis como materiais.

A impressora DLP também usa estereolitografia para fazer impressões, mas o seu diferencial está em seu custo, que é mais acessível, embora a qualidade nos detalhes seja a mesma da impressora SLA.

Se você quer ainda mais detalhes de como funciona uma impressora 3D MSLA e DLP, basta seguir a leitura conosco neste artigo e ficar por dentro de tudo sobre esses tipos de impressões.

O que é impressão 3D SLA?

A impressão 3D SLA é um tipo de impressão feita por uma máquina que usa uma fonte de luz, que neste caso é laser UV ou projetor, com o intuito de curar a resina líquida em plástico resistente. 

Ou seja, as impressoras 3D SLA usam lasers como fonte de luz para realizar suas impressões. 

E conforme o laser traça cada ponto de uma só camada, a resina líquida se torna dura.

Então, enquanto o laser é refletido em um espelho que é controlado por um computador, ele é guiado por esse espelho para acompanhar as coordenadas diferentes da resina que faz a cura em camadas. 

É importante saber que esse tipo de impressão pertence a uma família de manufatura aditiva chamada de fotopolimerização. 

E o que a diferencia  das demais impressões é a organização de seus componentes principais, como tanque de resina, a plataforma de construção e a fonte de luz.

Gostou de conhecer sobre esse tipo de impressão? Então, siga a leitura para ficar a par de como funciona uma impressora 3D MSLA e DLP.

O que é uma impressora DLP?

A impressora DLP é uma máquina que usa um projetor digital que gera flashes de luz UV que são capazes de curar a camada de resina de uma só vez.

Justamente por isso essa impressora leva esse nome, Digital Light Processing, que em tradução significa Processamento de Luz Digital.

Aqui vale ressaltar que a impressora 3D em DLP é gerada graças a um Dispositivo de Microespelho Digital (DMD) que fica dentro da lente do projetor.

Deste modo, o DMD trabalha com uma grande quantidade de pequenos espelhos que têm capacidade de controlar o padrão de luz que é projetado.

Assim, conforme a luz é refletida sobre a sua superfície, em pouco tempo começa a ser inclinada em direção à resina líquida.

Sabendo disso, agora é hora de entender como funciona uma impressora 3D MSLA e DLP.

Como funciona uma impressora 3D SLA?

O funcionamento de uma impressora 3D SLA começa projetando o modelo que você quer materializar com um software de design 3D, que pode ser o Solidworks, AutoCAD ou Sketchup.

Depois, um software de fatiamento se encarrega de transformar esse modelo projetado em um arquivo que deve ser de formato compatível com a impressão 3D.

Lembrando que esse programa precisa fazer a organização da construção do objeto projetado por camadas.

Agora chega o momento em que a resina líquida entra em ação no processo de como funciona uma impressora 3D SLA.

Várias reservas diferentes se responsabilizam por compor diversos grupos laterais no funcionamento dessa impressora.

Ou seja, acontecem várias combinações de curtos e longos monômeros, aditivos, foto-indicadores e oligômeros.

É graças a essa variedade que temos a liberdade para criar diversas formulações em um equipamento com ampla gama mecânica e óptica. 

E o mesmo ocorre com as propriedades termais, que também podem ser diversas e com opções que vão do maleável ao resistente ao calor, claro ao opaco e do flexível ao rígido.

Por fim, trabalha-se com as camadas e superfícies.

Antes de começar todo o processo, a resina líquida que você escolheu precisa ser colocada no tanque, que nada mais é do que um recipiente de armazenamento.

Ao realizar a impressão, um laser potente é projetado sobre o material para endurecê-lo em reação à luz ultravioleta.

É essa reação que cria a primeira camada do objeto na plataforma de impressão e conforme essa primeira camada é mergulhada na resina e inserida no processo do laser, uma nova camada se sobrepõe à anterior dando um formato tridimensional ao objeto.

O processo se repete até que a construção do objeto esteja totalmente completa.

Agora você já sabe mais sobre como funciona uma impressora 3D MSLA e DLP!

O que é impressão 3D SLA?

Como funciona uma impressora 3D DLP?

A impressora 3D DLP funciona graças a um tanque de resina com superfície antiaderente e base transparente que é usado como substrato para curar a resina líquida, abrindo espaço para o destacamento suave das camadas recém-formadas.

Desta forma, a impressão começa quando há a descida da plataforma de construção para o tanque de resina, com um espaço semelhante à  última camada concluída e a parte inferior do tanque ou ainda a camada entre a plataforma de construção.

Depois, para fazer a exibição de apenas uma única imagem de camada em toda a plataforma de uma só vez, essas impressoras usam uma tela de projeção digital em que a imagem de cada camada é feita de pixels quadrados que resultam em uma camada formada de pequenos blocos retangulares que chamamos de voxels. 

Assim, quando há o contato entre a resina e a luz UV  do projetor digital, chamamos de cura da camada. 

E essa camada, por sua vez, irá servir como base da próxima que será curada e irá se conectar com outras.

Agora você já está totalmente por dentro de como funciona uma impressora 3D MSLA e DLP!

Fluxo de trabalho da impressão 3D DLP: confira

O fluxo de trabalho da impressão 3D DLP consiste na:

  • modelagem;
  • impressão;
  • acabamentos.

Principal diferença entre a impressora DLP e a SLA

A diferença entre a impressora DLP e a SLA está no tipo de luz que elas usam. A SLA usa laser de pontos e a DLP tem uma abordagem voxel.

Saber essa diferença esclarece mais ainda como funciona uma impressora 3D MSLA e DLP.

Principal diferença entre a impressora DLP e a SLA

Aplicações mercadológicas da impressora 3D DLP

A impressora 3D DLP pode ser aplicada em áreas como:

  • engenharia
  • odontologia;
  • educação;
  • joias;
  • manufatura;
  • saúde;
  • audiologia;
  • entretenimento.

Conclusão

Hoje a nossa missão era esclarecer a você como funciona uma impressora 3D MSLA e DLP.

Como você viu, embora sejam equipamentos parecidos, a SLA usa laser de pontos e a DLP tem uma abordagem voxel na hora de produzir uma modelagem e desta forma, ambas conseguem criar peças que são pequenas e ricas em detalhes.

One Response

  1. […] mesmo que diversos fabricantes aceitem a calibração automática hoje em dia, saber como ela funciona na prática é ideal para que todos os usuários entendam mais sobre a impressão […]

Comments are closed.