Resina de alto impacto: o que é, como funciona e aplicações

resina de alto impacto

A resina de alto impacto é utilizada para projetos que necessitam de alta resistência mecânica. 

Por isso, é uma resina que pode ser utilizada para construção de peças de engenharia, arquitetura, educação, arte e outras indústrias.

Existem resinas que são comercializadas a granel, para serem processadas em uma extrusora de plástico e então trabalhadas, e aquelas utilizadas em impressoras 3D.

Este artigo tem como foco principal as resinas de alto impacto para impressão 3D

Para entender como esse material se comporta, quais são as suas aplicações, bem como as suas principais características, acompanhe este artigo e tenha uma boa leitura!

O que é resina de alto impacto?

A resina de alto impacto é aquela criada, como já introduz o nome, para resistir a grandes impactos. Ou seja, é uma resina especial para projetos que necessitam de resistência e dureza.

É importante entender, primeiramente, como funciona a impressão 3D em resina para compreender como a resina de alto impacto passou a ser produzida e como ela se comporta.

Basicamente, existem impressoras 3D de filamentos e de resinas. 

Na impressão 3D de resinas, cada camada de uma peça é constituída por uma fonte de luz ultravioleta, que endurece a resina líquida em um processo conhecido como cura.

As resinas são fundamentais para processos de alta resolução e precisão, logo que possuem essa característica vantajosa em detrimento aos filamentos.

É por esse motivo que as impressoras 3D de resina cada vez mais ganham espaço no mercado, logo que a indústria 3D busca cada vez mais por protótipos e modelos precisos e detalhados.

As resinas comuns, de uso geral, se mostram um pouco mais frágeis e limitadas para algumas aplicações. 

Por isso, algumas empresas passaram a fabricar resinas mais resistentes, que contém características específicas para cada aplicação.

As resinas de alto impacto servem para aplicações que exigem maior resistência. Tanto é que este tipo de resina pode até mesmo ser comparado com plásticos utilizados na indústria, como o polipropileno (PP).

Portanto, as resinas de alto impacto são altamente resistentes, produzem peças robustas, e são ideais para a impressão de peças funcionais, ou seja, que empenham alguma função além da estética.

Para que serve a resina de alto impacto?

Para que serve a resina de alto impacto?

As resinas de alto impacto servem para produzir protótipos funcionais, que necessitam de alta resistência e flexibilidade.

Basicamente, elas possuem um nível extremamente alto de resistência ao impacto, por conta de que a sua resina é elaborada de modo a apresentar grande dureza.

Basicamente, as aplicações principais da resina de alto impacto são bastante semelhantes a de plásticos resistentes utilizados largamente nas indústrias.

Sendo assim, esse tipo de resina serve para imprimir um protótipo flexível, que busca agregar maior resistência à peça final. 

Quais as principais aplicações desse tipo de resina?

As resinas de alto impacto servem para diversas aplicações. Na impressão 3D, elas podem ser aplicadas na produção de protótipos de peças resistentes, em coberturas externas, e em ferramentas personalizadas.

As peças que necessitam de textura e alto detalhamento também podem ser compostas por resinas desse tipo, logo que uma impressão detalhada é uma de suas características.

É possível utilizar a resina de alto impacto em produções para diversos setores, como:

  • indústria automobilística;
  • indústria eletroeletrônica;
  • produções aeronáuticas e aeroespaciais;
  • construção civil (engenharia);
  • produção de móveis;
  • estudos de caso;
  • arquitetura;
  • peças de arte;
  • joias personalizadas;
  • fan art;
  • peças com rosca; 
  • e muito mais!

Principais características da resina de alta resistência

Principais características da resina de alta resistência

As principais características da resina de alto impacto são:

  • alta flexibilidade;
  • grande resistência mecânica;
  • boa resistência térmica;
  • permite a usinagem sem trincas ou quebras;
  • dependendo da marca, possui baixa viscosidade e baixo odor;
  • realiza impressões precisas;
  • boa resistência química;
  • alta rigidez/dureza;
  • resistência ao intemperismo.

No entanto, estas não são as únicas características das resinas de alto impacto.

Para adquirir uma resina e entender se ela é adequada para a sua necessidade, é preciso entender alguns outros indicadores, como a dureza Shore, a resistência à tração e a elasticidade, de acordo com o Módulo de Young.

Por isso, abaixo separamos a explicação de cada uma dessas propriedades. Confira:

Dureza (Shore)

A dureza é uma propriedade dos materiais que pode ser bastante relevante para a sua aplicação. No caso das resinas de alto impacto, por exemplo, esse fator é importante.

A medição de dureza pode ser realizada pelo durômetro Shore, que é um instrumento que mede a dureza de termoplásticos segundo a norma ASTM D2240. 

Existem diferentes formas de medir a dureza de acordo com a escala de dureza Shore. Para termoplásticos e borrachas de dureza média a alta, a escala Shore D é mais adequada.

Já para materiais mais moles, a escala Shore A é mais indicada.

Resistência à tração

A resistência à tração, também conhecida como resistência ao rasgamento, é uma medida que avalia o potencial de resistência de um material.

Esse fator busca entender qual é a máxima tensão de tração mecânica que uma peça pode ser exposta.

Se essa medida é ultrapassada, o material será danificado e deformado, até o ponto de rasgamento.

As normas ISO 527 estabelecem as regras para medição da resistência à tração para plásticos e compósitos.

O resultado da resistência à tração é representado por MPa (Megapascal) ou N/mm².

Módulo de Young (Módulo de Elasticidade (E))

O Módulo de Elasticidade busca entender a deformação elástica dos materiais. Ou seja, é possível saber se o material é flexível e até quando ele consegue resistir sem deformar.

É importante consultar essa medida justamente para saber quanto a peça resistirá a partir de uma tensão sem que haja uma deformação definitiva.

O Módulo de Young ou Módulo de Elasticidade pode ser representado por GPa (Gigapascal) ou Mpa (Megapascal).

Onde encontrar a melhor opção de resina de alto impacto para engenharia?

A melhor resina de alto impacto do mercado nacional é a resina da Monile.io.

A resina da Monile.io é ideal para aplicações que necessitam de resistência, flexibilidade e propriedades avançadas.

Esse tipo de resina da Monile.io apresenta alta qualidade de impressão, maior rapidez de impressão, baixa viscosidade, baixa irritação da pele e baixo odor.

Conheça a melhor resina resistente para produzir peças bem detalhadas, de alta resolução, flexíveis e rígidas! 

Conclusão

As resinas de alto impacto são ideais para produção de peças e protótipos de engenharia civil, arquitetura e outros materiais que precisam ser resistentes.

Caso tenha gostado deste artigo, leia também: “Resinas para impressão 3D: como escolher o melhor material”
Acesse o nosso blog para ler mais conteúdos relevantes sobre impressão 3D em resina!

Conheça também a Fast Cure Resin, mais uma opção para uso em impressão 3D para engenharia!”